top of page

O Chamado
Técnica mista sobre papel
29.7 x 42 cm
2020


Um elemento visual que logo chama atenção do observador neste trabalho está localizado no centro, um pouco à esquerda. Trata-se de uma imagem que remete a um sol e também a um olho. São dois signos simbolicamente muito importantes, associados à luminosidade e à possibilidade de enxergar melhor o mundo. Possibilitam assim interpretá-lo de maneira que possa ser mais compreensível. Surge aí uma fascinante contradição, pois, a arte, em si mesma, é um universo de indagações e mistérios. A beleza do processo é que, quanto mais se aprofunda o pensar e o fazer criativo, mais se percebe que a grande sabedoria não está em encontrar as respostas, mas em fazer as melhores perguntas. O sol clarifica o que procuramos, e o olho nos auxilia a, pela observação atenta, verificar como a artista lida com os materiais e os apresenta como um chamamento para nossa reflexão.
Oscar D’Ambrosio


O próprio título da obra indica que o trabalho estabelece correlações entre diversos elementos. Para tudo que existe, há um motivo e algum tipo de reflexo. A criação visual da artista se dá pelo estabelecimento de uma figura que gera os mais variados questionamentos. Existe geometria, mas não se trata de encontrar proporções rígidas ou regras matemáticas. Prevalecem recortes e fragmentos em que há inserção, por exemplo, de fragmentos oriundos da mídia escrita, com seu poder de influenciar temperamentos e comportamentos e indicar tendências e pautas. Existem também flores que funcionam como símbolos de esperança da possibilidade de um amanhã melhor em que seja possível uma existência regida pela harmonia das pessoas com elas mesmas, com a sociedade e com a natureza. Em síntese, Geiza Barreto propõe caminhos a serem trilhados pela livre interpretação de cada atento observador.
Oscar D’Ambrosio

 

GÊIZA BARRETO, O CHAMADO, Técnica mista sobre papel, 29.7 x 42 cm, 2020

SKU: CERGA12521GB
R$ 1.252,00Preço
    bottom of page